SEJA DONO DO SEU PRÓPRIO NEGÓCIO

SEJA DONO DO SEU PRÓPRIO NEGÓCIO

No Brasil, três em cada dez pessoas adultas estão envolvidas na criação de negócio próprio ou já possuem uma empresa, são empreendedores.  Este dado foi levantado por meio de uma pesquisa de mercado, realizada pelo SEBRAE e pelo Instituto Brasileiro de Qualidade e Produtividade (IBQP), comprovando que cada vez mais os brasileiros tendem a ser empreendedores.

Segundo matéria publicada no site Exame.com, na comparação mundial, o Brasil se destaca com a maior taxa de empreendedorismo, quase 8 pontos porcentuais à frente da China, o segundo colocado, com taxa de 26,7%. O número de empreendedores entre a população adulta no país é também superior ao dos Estados Unidos (20%), Reino Unido (17%), Japão (10,5%) e França (8,1%). Entre as economias em desenvolvimento, a taxa brasileira é superior à da Índia (10,2%), África do Sul (9,6%) e Rússia (8,6%).

Mas, porque abrir seu próprio negócio?

Ser dono de qualquer negócio com certeza tem suas dificuldades, mas veremos a seguir bons motivos para empreender, conforme o site Papo de Empreendedor:

  1. Você está no controle: ter seu próprio negócio significa não trabalhar para outras pessoas. Com isso, em seu negócio as responsabilidades são suas em controlar a empresa e tomar decisões.
  2. Os horários são seus: a flexibilidade de horários e a escolha do local da empresa são características de quem tem seu próprio negócio, assim, definindo estes pontos de acordo com sua vontade.
  3. Equipe de trabalho: quem define com quem quer trabalhar é o empreendedor. Portanto, o administrador deverá fazer a seleção de profissionais que irão trabalhar para o sucesso da empresa. Uma dica importante: buscar pessoas com os mesmo interesses que o empreendedor.
  4. Colhendo os frutos: um empreendedor assume os riscos em se ter um negócio, porém colherá muitos frutos se a empresa estiver bem estruturada e em um mercado promissor. O importante é aprender com os erros e mudar de atitude em meio às crises.
  5. Aprendendo sempre: ao abrir um negócio, o empreendedor aprenderá constantemente novas coisas, como conhecer bem os setores da empresa e seu funcionamento, muito diferente de ser apenas um funcionário que executa todos os dias as mesmas funções.

Claro que ser empreendedor é assumir muito riscos, mas com certeza o retorno do negócio quando bem planejado, é recompensador.

Como saber se o mercado é promissor?

Existem pesquisas realizadas, a partir de softwares de serviço de monitoramento de informações, que são essenciais na compreensão do mercado e da concorrência. Este monitoramento estratégico auxilia o empreendedor a compreender como o mercado e a concorrência se portam, quais as oportunidades para um novo negócio e qual a percepção do consumidor quanto ao seu empreendimento. Identificar e agir perante tal análise de monitoramento é o caminho para se tornar promissor nos negócios.

Utilizando como base os dados do Banco Central, FMI e Receita Federal, o SEBRAE realizou uma pesquisa de mercado em março de 2015, a qual apresentou que os setores de alimentação, estética e vestuário estão entre os destaques de mercado promissor. Embora desde 2014 o país passe por uma crise econômica, esta pesquisa revelou que o número de novos empreendimentos não baixou, sendo criado mais de um milhão de novos negócios. A promessa para 2015 são os negócios online confirmando a tendência de comércio virtual, provinda de 2014.

Quero começar um novo negócio, o que faço?

A primeira dica é simples: pesquise. Pesquisar é necessário para entender onde seu negócio vai atuar. Após uma pesquisa e análise de monitoramento, é a vez de obter um CNPJ, aproveite dicas como:

  • Defina a atividade de sua empresa
  • Defina os produtos e serviços oferecidos
  • Confira as regras e cuidados da atividade escolhida (licenças, contratos, etc.)
  • Escolha o modelo de tributação
  • E enfim, realize o processo burocrático (Registro na junta comercial, Receita Federal, Estado e Município).

O SEBRAE apresenta em seu portal estas dicas detalhadas, para que o início da empresa seja bom e percebido.

Monitorar, aprender e realizar

Pronto! A receita de sucesso para um novo negócio é esta: monitore as informações, faça a análise estratégica do mercado e tendo aprendido, coloque em prática!  Ainda tem dúvidas se está ou não na hora de abrir o seu próprio negócio? Fale com quem já empreendeu e desfrutou de uma análise inteligente do mercado antes de atuar.

Compartilhar: