O QUE AS AGÊNCIAS DE PUBLICIDADE AGUARDAM PARA O FUTURO

O QUE AS AGÊNCIAS DE PUBLICIDADE AGUARDAM PARA O FUTURO

Nunca se gerou tanta informação no mundo, nunca tanto conteúdo foi consumido e nunca um planejamento baseado em tudo isso foi tão exigido. Hoje, é fundamental que as marcas estejam preparadas para absorver, entender e colocar em ordem tantos dados, principalmente diante do cenário de incertezas em que o Brasil se encontra, o qual dificulta a tomada de decisões no setor corporativo: freada da economia doméstica, perda do grau de investimento, juros mais altos, crise política, depreciação da moeda brasileira, aumento de desemprego e redução das expectativas do empresariado. Nesse cenário, as agências de publicidade estão ampliando seus serviços e necessidades com base em setores de Monitoramento de Informações e Inteligência de Mercado, com o objetivo de antecipar movimentos para se posicionar adequadamente  com essa nova realidade – independente de qual o setor de atuação dos clientes, bem como para levar insights relevantes para criação, mídia e planejamento, obtendo mais foco, assertividade e resultados para elas e para os negócios de seus clientes. O crescimento da demanda por essas informações, plataformas, profissionais e empresas que possam proporcionar uma visão mais ampla do mercado através de dados e até de comportamentos, permitindo a interpretação de uma série de informações de forma ágil e precisa, impactará os resultados das agências de comunicação em 2016. Vai estar à frente, as empresas que conseguir parceiros confiáveis e equipe conectada com essas necessidades para aproveitar as vantagens e benefícios da ampliação.

A partir dos serviços que as empresas de Business Intelligence podem oferecer, as agências de publicidade podem extrair e interpretar os dados de forma que isso reflita no aprimoramento da sua gestão corporativa como um todo. A agência estará preparada para o mercado tanto como empresa quanto como prestadora ou intermediadora de serviços, podendo tomar as decisões mais adequadas de acordo com seus objetivos e com os interesses de seus clientes. Inúmeras são as possibilidades de serviços a serem executados nesse novo rol , mas dentre as mais procuradas estão:

 

 

  • Dados para concorrência

É possível coletar informações retroativas referentes aos prospects, mercado e concorrentes, permitindo a análise e interpretação do conjunto de dados coletados para o direcionamento e planejamento de ações e campanhas cada vez mais assertivas. Participar de uma concorrência conhecendo profundamente seu cliente, segmento e referências do setor, sem dúvida exercerá vantagem sobre os demais participantes e ainda permitirá a elaboração de projetos mais alinhados com as expectativas e políticas da marca. A compra de mídia, por exemplo, é amplamente influenciada pelo cenário econômico do momento e conhecer essa realidade é um diferencial que representa aumento de resultados e redução de custos. Dessa forma, com o monitoramento estratégico, as agências podem antever crises e evitar investimentos desnecessários, além de elaborar serviços mais assertivos e personalizados para as necessidades de cada cliente.

 

  • Fonte para relacionamento

A plataforma de dados também valoriza o relacionamento com o cliente, uma vez que coleta informações valiosas sobre o comportamento de seu público-alvo, posicionamento de marcas, concorrência, lançamento de produtos, inovação no meio, prêmios recebidos, eventos organizados, etc, possibilita a elaboração de estratégias que partem do simples engajamento entre agência e temas interesse do cliente, se tornando um potencial gerador de oportunidades que surgem pela força desse relacionamento e do acompanhamento do mercado de cada cliente.

  • Acompanhamento de mercado

Para se ter uma boa performance no segmento, é necessário acompanhar constantemente as notícias do mercado. Mas, mais importante ainda é reconhecer que tipo de informação vale a pena ser estudada e que possa ser utilizada para suas operações, tendo plena consciência do contexto econômico atual e das perspectivas para o futuro em cada setor. Deve-se monitorar também a categoria de produtos ou serviços e a repercussão das demais agências de comunicação, compreendendo rapidamente cenários que representem perdas de contratos, sinalizando oportunidades de novos clientes.  Tendo tudo isso em mãos, as agências podem realizar uma análise direcionada à prospecção de clientes, além de munir a equipe visando novos negócios de acordo com o potencial de cada prospect.

  • Repercussão de campanha

Não basta definir objetivos e organizar as ações, sem oferecer instrumentos que possam determinar se as ações realizadas contemplaram os objetivos propostos no planejamento. Ou seja, é necessário avaliar o que deu certo ou errado para refletir sobre as ações seguintes, sem correr o risco de repetir erros e estagnar no tempo, ficando atrás da concorrência. O monitoramento estratégico também permite verificar a repercussão da campanha durante o flight de mídia, possibilitando informar ao cliente sobre o impacto da campanha no target indicado. Mensurar e analisar a repercussão de campanhas durante e após as ações, possibilita extratificar o resultado através de classificações que contemplam desde o perfil do público atingido até a percepção mais valiosa atualmente para as marcas –a genuína e espontânea expressa pelos consumidores impactados.

  • Checking de veiculação

É através do monitoramento de checking que as agências de publicidade comprovam para o cliente que os anúncios adquridos no plano de mídia foram veiculados. Para isso, são realizados relatórios comparativos de volume de aquisição e veiculação e até mesmo auditorias de veiculação da concorrência, afinal, estar atento ao que acontece ao redor é importante para estar sempre um passo à frente. Os projetos de checking de mídia podem ser realizados por campanhas ou clientes e seus relatórios são ricas ferramentas para as agências, considerando que os investimentos de mídia representam regularmente sua receita mais efetiva no planejamento de cada conta.

  • Oportunidade de novas receitas

Se já não bastasse tudo isso, ao contratar os serviços de uma empresa de monitoramento estratégico e inteligência de mercado, as agências de publicidade também podem capitalizar esses serviços para rentabilização própria, podendo contemplar novos honorários, novos serviços, angariar novos negócios, se posicionar junto aos grandes players do mercado que, devido ao seu porte, possuem estrutura e equipe similar para esses serviços, gerando consequentemente, retorno financeiro satisfatório.

Portanto, as agências de publicidade, sejam de pequeno, médio ou grande porte, que queiram realmente se destacar no mercado e atravessar a instabilidade econômica do país com menos impactos devem investir em parcerias com empresas de business intelligence, plataformas de monitoramento de informações e serviços de inteligência de mercado, a fim de estarem preparadas para antecipar movimentos e tomar decisões sem incertezas. Apesar de a inteligência de dados ainda ser relativamente nova nas agências de publicidade, sua complexidade e ampla gama de oportunidades são indicativos do potencial que essa nova área abre para a publicidade.

Compartilhar: